SATANISMO - Do Caos a Ordem 
OFERTAS
OFERTAS

VELAS, INCENSO, ERVAS, PEDRAS, FRUTAS, VINHO....

 

Há quem diga que a utilização de elementos da natureza em rituais, quanto à oferta dos mesmos e de frutas e flores para divindades “não é coisa de satanista”, rsrsrs.....  Engana-se, pois em primeiro lugar devemos compreender que a natureza e tudo o que nela há faz parte do universo, assim como nós fazemos parte do universo, em segundo lugar toda a natureza é constituída de energia incluindo a nós, em terceiro lugar que a utilização de elementos da natureza, do que a natureza nos oferece vem desde o começo dos tempos, das antigas tradições, assim como a oferta de frutas, pães, sementes, flores, incensos, o uso do vinho para agradar e agradecer as divindades, vem dos antigos cultos, nós satanistas, ocultistas carregamos conosco essa ancestralidade, o conhecimento e praticas passadas de geração em geração. Na magia usamos o movimento  natural das energias para criar mudanças necessárias. A energia existe dentro de todas as coisas, dentro de nós, dos alimentos, das plantas, das pedras, das cores, dos incensos, dos elementos, dos sons, dos movimentos. A magia é um processo de “despertar” esta energia, onde damos proposito a ela e liberamos para criar a mudança que desejamos. Então não se faça de rogado e sinta-se livre para utilizar ervas, frutas, pedras em seus rituais de magia, procure saber o significado e a utilidade de cada erva para que serve qual o seu poder magico e cientifico, assim como as pedras (cristais) e mãos a obra. Como já dissemos em outra oportunidade as velas tem como significado representar o elemento fogo, a energia do fogo e todas as suas atribuições, utilizamos comumente dentro dos rituais cerimoniais satanistas as velas pretas, roxas ou vermelhas para nossas divindades, ofertamos incensos e o vinho tinto assim como nos cultos pagãos, o vinho tinto representava o sangue da terra e foi mais um simbolismo pagão roubado pela igreja, também é comum ofertamos frutas e pães como representação de fartura e prosperidade e assim entrarmos em comunhão com nossas divindades, nossos cultos trazem reminiscências dos cultos das antigas tradições pagãs e suas raízes. Lembrem-se que nos tornamos satanistas para nos libertar de dogmas, de limitações, para nos tornar livres em busca de sabedoria, conhecimento, livres em nossas praticas, cultuamos deuses e deusas que são “demônios” aos olhos dos nossos opositores e daqueles que não os conhecem mas para nós são muito mais do que demônios, então não nos limitemos a ignorância, vamos sempre mais além, ao que o mundo e universo tem a nos oferecer, estar em conexão com nossas divindades vai além de orações diárias, está também em todo o universo, no contato com o todo e com nós mesmos. Um grande abraço!!!

 

Erika Gaudard e Roberta Gaudard

Copyright© todos os direitos reservados

 

Translate this Page

Rating: 2.9/5 (468 votos)

ONLINE
1